domingo, 29 de janeiro de 2017

17º Circuito Centenário Cooperativa A Sacavenense

Eu sei, eu sei. Isto é só treinar e deixo aqui a minha tasca às moscas. A minha vida tem andando caótica e ainda nem tive tempo de fazer um artigo sobre o meu próximo objetivo. Mas lá iremos.

A meio desta semana o meu treinador desafiou-me a alterar os planos de treino para o fim de semana e a fazer a primeira prova do Troféu Corrida das Coletividades de Loures. A razão? Pôr competitividade nas pernas, enfrentando os excelentes atletas que costumam ir a esta prova (prémios monetários, daí o chamariz para estes atletas). Teve que se tratar das inscrições da equipa para o Troféu meio à pressão, apenas uns dias antes da prova (obrigado Rui Martins!) e apenas depois de confirmadas as inscrições pude decidir que iria à prova, ou seja, só na sexta-feira passada é que dei o ok ao meu treinador. Curiosidade: já tinha uma vez feito esta prova, ainda representava o CDUL e estava no meu início desta minha aventura pelo mundo do atletismo :)

Como a prova era só às 10:30 em Sacavém, estava relativamente à vontade em termos de tempo. Cheguei faltava menos de uma hora para a prova, já com as provas dos escalões mais baixos a decorrer. Dorsais distribuídos, pequeno aquecimento e fui para a partida. Não me sentia bem, parecia que estava sem força nas pernas e estava um pouco tenso. Tiro de partida dado e essa tensão foi toda embora.

Foi uma partida daquelas que não estou habituado. As primeiras centenas de metros foram feitas por ruas pequenas o me causou uma sensação de impotência pois apenas via atletas à minha frente num ritmo louco e a certa altura estava a andar para 3:10\km e mesmo assim havia atletas a passarem por mim. À passagem do 1º km as coisas já estavam algo estabilizadas e estava apenas concentrado em manter um ritmo alto e a perceber se seria possível alcançar alguns dos atletas que estavam à minha frente.

Fonte: RUN 4 FFWPU
Sabia que depois do 1º km a descer, o próximo seria a subir e por isso seria a minha oportunidade para ganhar algumas posições. Mantendo um ritmo certinho, consegui esse objetivo a 3:20\km. O 3º km era feito de altos e baixos e pela passagem pela zona da partida (a prova é feita em duas voltas ao mesmo percurso). A 2ª volta foi mais tranquila, sempre acompanhado por atletas colados a mim e alguns no meu campo de visão.

O cansaço do sobe e desce quase constante e de estar a forçar um ritmo alto, refletiu-se no 5º km (2º da primeira volta) e a média foi a 3:34\km face aos 3:20\km da primeira volta. Entrando no último quilómetro foi hora de apertar, dar tudo o que ainda tinha, independentemente se estava a descer ou a subir. Ainda consegui ultrapassar 2/3 atletas e volta a ser ultrapassado por um deles.

Fonte: RUN 4 FFWPU
Passei a meta com 21m23s para os 6.4km da prova. Na geral não sei bem em que lugar é fiquei, apenas sei que fiquei em 6º do escalão, conseguindo ainda atingir os prémios monetários (era para os primeiros 8 do escalão sénior). Nem nos meus melhores sonhos hoje pensaria que iria subir ao pódio e ganhar um prémio monetário, por isso além de ter feito uma prova dentro dos meus objetivos, ainda tive essa pequena cereja em cima do bolo.

Fonte: RUN 4 FFWPU
Durante a próxima semana falarei sobre o meu primeiro objetivo de 2017. Até já!

Resultados: 17º Circuito Centenário Cooperativa A Sacavenense

4 comentários:

  1. Curiosamente nessa primeira vez que correste a prova, passaste-me no sprint para a meta, como era teu apanágio :P mas grande prova, como disseste, cheia de malta que anda muito e num terreno que nao é fácil, mas que vai ajudar a preparar o que aí vem :D!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Grandes memórias, outros ritmos eheh nem nunca pensava poder um dia andar a estes ritmos e ainda querer fazer melhor 😀

      Obrigado! Um grande abraço

      Eliminar
  2. É curioso que também já tive provas que parecia não estar bem e logo após o tiro de partida transfigurei-me.

    Parabéns por mais uma (e a ritmos loucos).

    Ansioso por ouvir qual será o primeiro objectivo de 2017 :)

    Um abraço e força

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu antes da partida já estava todo nervoso a pensar o que tinha falhado, se tinha comido pouco ao pequeno almoço ou assim. Mas acabou por correr bem :)

      Se calhar estou a pôr demasiadas expetativas, simplesmente é um desafio diferente do normal :)

      Um abraço João

      Eliminar