segunda-feira, 15 de abril de 2013

BES RUN CHALLENG3 Cascais

Para começar, esta prova dispensa apresentações. Não é que tenha historial (é a primeira edição), não é que seja uma organização internacional (BES), simplesmente teve uma campanha enorme de marketing, que não me lembro de nenhuma outra prova ter.

Depois de anunciarem a a mudança de tempo para este fim de semana, o meu medo era que estivesse calor a mais. Na verdade, podiam ter estado menos dois ou três graus, pois se soube bem ter começado a prova sem sentir frio, a meio já transpirava por todo o lado, e no fim estava todo em água!

A descrição da rotina antes da prova é semelhante ao normal, acordar cedo, quando dou pelas horas já estou atrasado, lá vou eu pela A5 desobedecendo aos limites de velocidade (ninguém vi nada :p), e chegando a Cascais, encontrei-me com a Fernanda (obrigado pela experiência!) e com o João do CDUL para ir buscar o meu dorsal. Encontrei-me depois com o Miguel, e enquanto a aquecer, quando demos por nós já estávamos atrasados como sempre! :) A sorte é que este tipo de provas têm sempre os blocos de tempo, e eu felizmente pude ficar no bloco sub 40', enquanto o Miguel lá foi para a confusão dos sub 50'.

Tempo perfeito, cenário perfeito (baia de Cascais) e lá dão a buzina de partida. Mesmo estando mais à frente, ainda tive que ultrapassar alguma confusão inicial, estando a correr livremente antes de ter feito 500m. Tinha o objetivo de tentar bater o meu recorde aos 10km (38:28), mas com apenas algumas semanas depois dos dois meses da lesão, não sei se conseguiria fazer os 10km abaixo dos 3:50/km. Mas a verdade é que consegui, quilometro após quilometro ia sempre fazendo abaixo dos 3:50/3:45, sendo o meu pior quilometro para 3:48/km, e o melhor a 3:21/km. O resultado foi um tempo final de chip de 37:04! Mais de um minuto a menos que o meu recorde! Sensação fantástica :)


A organização anúnciou esta prova como dificuldade média, mas sinceramente achei um percurso bastante rápido, em que praticamente o que se desceu, teve sempre o seu oposto, ou seja, teve que se subir. O típico vento daquela zona tirou féria, e apenas à volta (segundos 5km) havia uma pequena brisa bastante agradável que deu para tratar da transpiração derivada ao calor. Falando da organização, absolutamente fantástica  sem falhas, e com uma medalha toda catita no final. Apenas um reparo mínimo  vá lá, o dorsal não podia ser mais pequeno? Mais um bocadinho e davam-nos um poster para correr :p

Para terminar, fiquei em 20º do escalão (em 585 atletas), e em 49º da geral (em 2656 atletas). Nada mau, e ainda me vai permitir integrar o famoso top 100 destas três provas, o que me vai permitir partir à frente na prova de Sintra do próximo mês.


Espero conseguir continuar esta evolução, tendo a certeza que no mês de Junho na terceira prova (Lisboa), lá estarei para fazer menos de 37 minutos! Mas por agora, dia 27 deste mês, campeonato distrital de pista (10.000 metros), em Setúbal! Até lá, treinar forte :)

Beijinhos a abraços!

2 comentários: