domingo, 28 de abril de 2013

Campeonato Regional 10.000 Metros (Pista)

E ontem lá foi mais uma prova!

Neste momento, estou com sentimentos mistos quanto à minha prova de ontem. Mas começando pelo principio. Esta prova foi promovida pela Associação de Atletismo de Setúbal, sendo que ao longo da tarde foram disputadas diversas provas de preparação e provas a contar para o KM/Jovem Regional (destaque para as provas dos juvenis, muito bom!). O meu treinador inscreveu-me nesta prova para eu sentir o que era fazer 10 km em pista, pois não valia a pena ir aos nacionais da mesma distância, dado os tempos que os restantes atletas fazem por lá.

Quando cheguei à pista municipal de atletismo da Sobreda, vi logo que a prova não ia dar para bater recordes. Vento bastante incerto, com rajadas por vezes que metiam respeito. Mas pronto, lá fiz o aquecimento com o senhor Paulo e com os normais atrasos, 20 minutos depois da hora, lá foi dado o tiro de partida (ao mesmo tempo que o campeonato regional dos 5.000 metros femininos).


Estava com medo de não me sentir bem, de não ter descansado o suficiente, mas a cada volta que dava, o ritmo continuava regular. As primeiras voltas foram aquelas que custaram mais psicologicamente, pois andar às voltas numa pista (25 para ser concreto) não é a mesma coisa do que fazer 10 km em estrada. O vento em metade da pista foi desconcertante, tanto soprava de forma regular, como faziam rajadas que me quebravam o ritmo em mais de 20 segundos de andamento.

Quando pensava que ainda me faltavam 2/3 voltas para o fim, eis que a organização tocou o sino à minha passagem pela linha de meta, indicando que apenas me faltava a última volta, e eu que estava a guardar algumas forças, puxei então estes últimos 400 metros. Quando acabei olhei para o relógio e tinha 35:30. Fantástico, quase um minuto abaixo do que eu esperava! 

Depois de arrefecer, o senhor Paulo foi ver as classificações, indiciando-me que o meu tempo tinha sido oficialmente de 35:29. Porém, um pai de um atleta da mesma prova, comentou que parecia que tínhamos feito menos uma volta. Quando passei o registo do relógio para o Strava, eis que realmente o medo se confirma: só fizemos 24 voltas. Como é possível tal falha da organização? E agora falta saber, todos os atletas fizeram menos umas voltas? Ou apenas aqueles (nos quais eu me incluo) que foram ultrapassados em 2 voltas pelos 3/4 primeiros?


Tal como disse no inicio do post, os sentimentos são mistos. Por um lado estou triste pois o resultado registado não corresponde à verdade, mas por outro sei que mesmo com mais uma volta batia o meu recorde dos 10 km em mais de 30 segundos (já para não falar das condições climatéricas completamente agrestes para uma prova de pista), embora mais uma vez salientando que não se pode comparar recordes de pista com estrada. 

Mas pronto, agora é continuar a treinar e a melhorar. De qualquer forma foi excelente experiência, da qual tenho de ficar contente pois o medo de quebrar psicologicamente ou fisicamente, foi facilmente ultrapassado durante a prova. Venha a próxima!

14 comentários:

  1. ja me aconteceu fazerem me dar mais uma volta e mesmo assim bater o recorde pessoal.

    ResponderEliminar
  2. Olá Vitor. Eu estive a ver o relógio do meu pai e aquilo bateu 10 voltas, num total fazendo a média de 3'32 por km. Não vi se passaram o tal atleta que o pai reclamou, mas acho que os vossos tempos correspondem aos 10km.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vanessa, já pedi a outras pessoas para verem pelo meu treino no Strava (http://app.strava.com/activities/camp-regional-10-000-metros-pista-51098031) se realmente eu estava a contar mal as voltas, e todas me disseram, 24 voltas :/

      Eliminar
  3. Grande prova, parabéns! Não esperava menos de ti :)

    Mesmo estranho que não tenham contado isso bem, mas fosse como fosse, isso ia-te correr mto bem à mesma.

    Miguel

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado Miguel, faltavas lá tu para os 100m :)

      Um abraço

      Eliminar
  4. Em primeiro lugar, muitos parabéns pelo fantástico tempo.
    Mas acredito que haja um sentimento misto pois, por culpa alheia, não se pode oficializar.

    Um abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mesmo João, é mesmo um sentimento de frustração. Obrigado de qualquer forma!

      Um abraço

      Eliminar
  5. Pois eu sou um atleta veteraníssimo do CDUL e num campeonato regional de equipas no Estádio Nacional (1973?) quando sprintava para a meta para dar os pontos à minha equipa ...ouvi a sineta. Foram 26 voltas mesmo e aqueles últimos 400 m foram os mais lentos da minha vida. Eramos só 6 atletas...mas aqueles juízes dormiam...parece que neste aspeto as coisas não mudaram muito....Mas encarar isto com desportivismo e sentido de humor é que é importante.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mesmo assim não sei que situação preferia, menos uma volta ou mais uma volta! :)

      Eliminar
  6. Fora o árbitro!!! :)

    Ainda assim, muito bom!

    Boas corridas!

    ResponderEliminar
  7. quantas voltas o atleta tem que dar em uma pista de 10.000 métros?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tem de dar 25 voltas à pista! 25 * 400 metros = 10.000 metros :)

      Eliminar