quarta-feira, 22 de maio de 2013

BES RUN CHALLENG3 Sintra

No último sábado passei por uma experiência relativamente nova: fazer uma prova meio lesionado, apenas para me manter motivado. E por isso, encarei o dia como sendo normal, saindo de casa mais descontraído e não tão cedo como seria normal.

Quando me encontro com os restantes elementos do CDUL, a Fernanda presencia-me logo com uma surpresa: o meu dorsal tinha inscrito 'Elite B'. Elite? A sério? Quer dizer, sempre que lia e 'via' os blocos de partida reservados para os atletas de elite, eu apenas sonhava como seria estar ali. No dia em que me entregam um dorsal para poder estar lado a lado, por exemplo, com a Dulce Félix, tenho que estar 'coxo'? Enfim, há coisas na vida que às vezes parece que são retiradas de um filme de humor negro de série b.

Depois de uma apanhar com uma chuvada e com umas belas rajadas de vento gelado, lá se seguiu a partida. Tinha dito ao Miguel Heitor que o ia tentar acompanhar, pois não me queria esticar. Pois bem, a verdade é que mesmo em plenas condições físicas  nem tinha consciência do percurso que me esperava. HMS, que raio de ideia foi esta? Ok o percurso é bonito, ok o percurso era suposto ser duro, mas era necessário ser 'aquilo'? Eu acho que nem em muitas das minhas maiores 'voltas' de bicicleta (no tempo em que andava), fazia tanta altura acumulada. 

Passadas tantas subidas, ainda faltava a cereja em cima do bolo: último quilometro inclinadíssimo em calçada molhada. Fantástico (ironia, claro). A meio da descida, fartei-me de travar e deixei-me ir pois senti que corria um maior risco de escorregar se fosse a 'travar'.


Tinha pensado em fazer a prova em cerca de uma hora, mas graças à minha lebre (obrigado outra vez Miguel!), ainda fui para baixo de 50 minutos. Apesar do vergonhoso lugar na geral, somando este resultado ao tempo feito em Cascais, ainda fico classificado como elite B para a terceira corrida em Lisboa (se irei estar presente na mesma, isso são contas de outro rosário).

Por último, e fora o percurso e alguma confusão inicial (talvez devido ao tempo e à localização da prova) que gerou alguns minutos de atraso na partida, mais uma vez foi uma prova bem organizada, ainda com direito a umas queijadinhas no final! Que a boa organização continue para a terceira e última prova em Lisboa.

1 comentário:

  1. Lesionado e a fazer 49 minutos na prova de Sintra? Imagino 100% em forma. Tinhas chegado à frente da Dulce Felix. :)
    Abraço, boas corridas e recuperação total da lesão.

    ResponderEliminar