terça-feira, 21 de maio de 2013

Déjà vu

Esta semana optei por não fazer um resumo semanal de treinos. Porquê? Pois bem, o titulo calculo que seja elucidativo. 

Tal como tinha acontecido em Fevereiro, quando chego a uma forma física que nunca pensei em atingir e me  transcendo em prova, sou obrigado a parar. No dia seguinte a Cantanhede, senti que algo estava estranho com a zona do joelho da perna direita, e não querendo deixar arrastar o problema e não repetir erros do passado, fui fazer tratamento. Diagnóstico: tendinite da pata-de-ganso (imagem em baixo na língua do "pais do lado").
Embora não esteja a ser uma recuperação tão dolorosa como a contratura que tive (vá os tratamentos são bem mais dolorosos :p), a verdade é que é uma lesão chata e que embora seja numa área tão pequenina, afeta e bastante a mobilidade da perna, quase como se de uma contratura se tratasse. Os treinos da semana passada variaram entre os 50 a 20 minutos, sempre na casa dos 5:30-6:00\km.

Razão da frustração da lesão nesta altura? Campeonato Nacional de Clubes - Apuramentos. Embora ainda faltem 4 dias, é fácil de perceber que não vou estar em condições para fazer as provas de 5000m e 3000m como estava planeado. Este é o tipo de lesão que depois de aquecer, até dava para competir, mas e depois? Arrisco uma rotura? Acho que já me chegou estar parado dois meses por causa de uma 'simples' contratura.

Veremos como evoluo nos próximos dias, mas pelo menos amanhã devo estar num estado lastimável depois do tratamento que levei hoje (obrigado Ernesto!). Resta-me ter juízo e não estar com pressa na recuperação.

Beijinhos e abraços a todos! Boa semana de treinos!

2 comentários:

  1. Também ando em tratamento por causa de uma lesão que teimei em não tratar logo e agravou-se. Por isso, sei o que custa agora estar parado (ainda por cima com o tempo a ficar melhor para correr). Mas é isso mesmo, mais vale não arriscares. As melhoras e rápida recuperação.
    Abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Custa mesmo, mas pronto não à que desesperar, é aprender com os erros e ter juízo na recuperação!

      Obrigado e as melhoras também! Um abraço

      Eliminar