segunda-feira, 21 de julho de 2014

VIII Memorial Francisco Lázaro

Finalmente a minha época acabou! E que excelente maneira de acabar, com uma prova dura em que senti que o corpo estava preso e a pedir férias mas com um resultado final que me surpreendeu.

Esta prova situada no bairro de Benfica (com inicio junto ao Clube Futebol de Benfica) tem como objetivo homenagear o primeiro atleta olímpico a representar Portugal numa maratona e que morreu durante a sua estreia nessa mesma prova. Como qualquer outra homenagem que se faz neste pais (excluindo o futebol) a adesão foi das coisas mais ridículas que já vi. Se ouvi uma pessoa a bater palmas foi muito (talvez produto da minha imaginação).

Fonte: Marcelino Almeida
O que salva o miserável público são as amizades neste mundo das corridas e que acabamos sempre com quem ter uma boa conversa, seja no inicio, durante ou no fim da prova. Depois de um aquecimento com o Miguel Heitor, lá fui para a partida que já estava algo preenchida. O inicio acabou por ser rápido, não existindo os famosos zigzags que somos sempre forçados a fazer. Eu como sempre nem me lembrei de perceber o percurso que iria fazer na prova e não sabia o que me esperava. Logo aos 2 quilómetros uma subida que ia dando cabo de mim seguida de uma descida em que, para variar, toda a gente me passa (algo a rever na próxima época).

Pensei, "há-de ser apenas esta subida". O quanto estava enganado. A partir do quilómetro 5 foi uma alegria de sobe e desce sempre em grande sofrimento, esquecendo os ritmos e pondo de lado qualquer recorde pessoal que pretende-se alcançar. Quando chego ao relvado e faço a ultima curva antes da meta olho para o relógio e vejo um 35 na casa dos minutos. Não consegui acreditar. Passando a meta olho para o relógio e vi 35'58''. A distância provavelmente não era os 10 quilómetros mais exatos do mundo da corrida, mas pelo que percebi de outros relógios a variação andava no máximo entre 25 a 50 metros. E portanto, embora não seja uma distância exata, batido um novo recorde aos 10km, ficando com 36'01'' de tempo oficial! Acabei em 8º da geral (de 363 classificados) e em 4º do escalão (de 79 classificados). Por um lugar, não fui ao pódio mas a verdade é que fiquei quase a 1 minuto do 3º classificado do escalão (ainda tenho de comer muita sopinha :)

Fonte: Marcelino Almeida
Bater duas vezes o recorde aos 10km na mesma época é excelente e um grande prenúncio sobre os objetivos da próxima época. Sobre os mesmos falarei daqui a algum tempo, tal como um resumo desta época. Agora é tempo de descanso da corrida e do trabalho, está na hora de passar uns dias "de papo pro ar"!

 

7 comentários:

  1. Muitos parabéns pelo grande resultado! :)

    Um abraço

    ResponderEliminar
  2. On fire jovem Vítor.

    Quanto ao publico...homenagem é feita por quem corre. Não te aborreças porque as pessoas não ligam de uma forma geral ao desporto

    ResponderEliminar
  3. Também lá estive mas sou de outro campeonato, grande tempo e com amrgem para melhorar, muito bom mesmo.
    Boas férias.

    ResponderEliminar