segunda-feira, 8 de dezembro de 2014

Meia Maratona dos Descobrimentos 2014

Este domingo foi o culminar da primeira vez que fiz preparação para uma prova. Não sei se fiz uma preparação como mandam os livros, não sei se fiz grandes asneiras, não sei se poderia ter feito algo de melhor durante os pouco mais de 2 meses que fiz de preparação. Podias ter feito menos provas nestas últimas semanas, podia ter posto mais ou menos carga, podia ter feito séries mais longas, podia isto podia aquilo. Poder podia, mas não era a mesma coisa.

Fonte: Weventual 
Oh Joana abre os olhos!
Apesar das previsões apontarem para o famoso "frio polar", a temperatura esteve bastante boa (nada comprado com o gelo do ano passado) e um sol bastante bom. Depois do encontro com a equipa do Weventual fiz um aquecimento mal e porcamente até ao carro para trocar de roupa e depois lá dei mais uma voltinhas. Este mau aquecimento poderá ter sido a causa para os quilómetros da prova não terem decorrido na perfeição. Com um bloco dedicado à elite e outro a sub 1h30', a partida para quem queria ir em ritmos rápidos decorreu sem problemas. A única subida da prova foi feita sem problema e sempre com consciência que depois podia compensar na descida.

Fonte: Friends2Run
Esta descida foi o primeiro indicador que algo não estava bem, sentia-me muito preso e passei alguns quilómetros a amaldiçoar-me. Estava longe do ritmo que queria fazer (muito acima dos meus últimos ritmos de prova) e sentia que não conseguia puxar mais. No entanto estive bastantes quilómetros a fazer de lebre (com momentos lado a lado com o Diogo Baena do qual falarei mais à frente) a um pequeno grupo de atletas e no qual um veterano me surpreendeu com um "força puto estás a fazer um grande trabalho". Então está bem :) À passagem aos 10km percebi que a coisa nem estava a correr muito mal, passando com 36'01''. Alguns quilómetros depois o grupo desfez-se e deu-se o ponto de viragem (cerca dos 13 km), fazendo também com que vento que tínhamos contra fica-se agora a favor.

Fonte: Friends2Run
Foi a seguir à viragem que chegou a minha verdadeira ajuda, com o Diogo Baena a puxar autenticamente por mim e obrigar-me a fazer um ritmo bem mais alto (abaixo dos 3:30\km). Foi neste ritmo que seguimos lado a lado (vá o Diogo mais à frente a maior parte do tempo :) até praticamente à meta, em que já estafados demos tudo e acabei por chegar à frente dele apenas com 2 segundos de diferença. Obrigado Diogo!

Porra, vamos a contas! A 25 de Março de 2012 fiz a minha primeira meia-maratona em 1h51'. Dois anos e depois, depois de à um ano estar ~3 meses parado e simplesmente a pensar desistir de correr, cruzo a meta com um tempo de 1h15'02''! São só menos 36 minutos desde a minha primeira meia, e menos quase 8 minutos face à minha melhor marca na distância! Catano, os sentimentos são tantos, que nem sei o que hei-de escrever (vá isso e ter as mãos geladas)! Quanto à classificação acabei em 17º (de 2437 classificados) e em 11º (de 407 classificados).

E agora? O meu objetivo à meia esta época era baixar da 1h20' e passei-o com distinção (posso-me oferecer uma medalha a mim próprio? vá se calhar isso era só parvo). O objetivo aos 10km também já foi cumprido, por isso agora não sei. Sei que me vou desfrutar das duas próximas provas (GP Natal e São Silvestre de Lisboa) e o próximo ano logo se verá! Até lá!

20 comentários:

  1. Espetacular Vitor, mais uma vez, PARABÉNS! :D

    Ontem não te vi passar, provavelmente porque não foste com o equipamento com que te vi noutras corridas.

    Ontem fiz a minha primeira meia a sério (ao meu ritmo), com o tempo de 2h01m35, mais 10 minutos que a tua primeira meia.
    Se daqui a 2 anos fizer em 1h45 já vou ser um gajo bem feliz!

    Quanto a ti, acho que só o céu é o limite! Incrível! :D
    Objectivos? Escolhe objectivos AMBICIOSOS... são os únicos que faz sentido escolheres!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado Tiago! Sim ontem foi o equipamento da empresa, que ainda por cima é laranja que era a mesma cor dos equipamentos da prova..

      Daqui a 2 anos vais fazer melhor que isso, puxa por ti!

      Tens toda a razão, são realmente os objetivos ambiciosos que merecem que se lutem por eles!

      Eliminar
  2. Grande canhão!!!! Estás fortissimo. Parabéns Vitor!!

    ResponderEliminar
  3. Cada vez tenho menos palavras para adjectivar tamanhos feitos!!!

    Muitos parabéns!!!!!

    Um abraço e foi um prazer conhecer-te pessoalmente

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado João! Até eu perco as palavras!

      O prazer foi todo meu! Um abraço!

      Eliminar
  4. Oferece-te uma medalha a ti próprio que bem a mereces...espectacular evolução, grande tempo. Muitos parabéns!!!
    Abraço

    ResponderEliminar
  5. Olha, citando as palavras de um sábio corredor veterano: "força puto estás a fazer um grande trabalho"! Nem eu o diria melhor! ehehe Espectacular Vitor, isto já são tempos de elite sem dúvida. O teu tempo, 1:15:02 faz-me lembrar um ponto daquele post sobre as coisas que me irritam na corrida, menos 2 segundos e já podias dizer que tinhas feito 1:14 ehehe Quanto a próximos objectivo... será que o objectivo 42.195 está previsto para 2015? :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mesmo a sério Filipe, também me lembrei do teu post :)

      O objetivo da maratona terá tempo de vir.. mas ainda não será para o ano :)

      Um abraço!

      Eliminar
  6. Oferece, oferece, é merecido!

    Grande trabalho, evolução e sei lá mais o quê!

    "e o próximo ano logo se verá!"

    Abraço


    ResponderEliminar
  7. Cada vez tenho mais razões para seguir este Blog.

    Parabéns!

    ResponderEliminar
  8. Muitos Parabéns! Tem sido uma evolução fenomenal. Um abraço e muitos sucessos

    ResponderEliminar