segunda-feira, 29 de dezembro de 2014

São Silvestre de Lisboa 2014

No meio de muitas rabanadas, filhoses, chocolates e outros doces, chegou finalmente o dia da minha última prova de 2014. Tendo em conta esta minha introdução e o facto de não ter passado uma semana muito boa em termos físicos, decidi à partida que não iria abusar nesta prova. A famosa contratura que tive à quase dois anos no semi-tendinoso, deixou sequelas e volta e meia gosta de dizer "estou aqui estúpido, vê lá se abrandas". E pronto como menino obediente que sou, abrandei um pouco e dado que tinha os restantes músculos quase em pedra, tive que me submeter às mãos da minha fisioterapeuta preferida na sexta feira à noite antes da prova. Escusado será dizer que a minha mãe deserdava-me devido às coisas bonitas que me saiam da boca durante a sessão.

O que é certo é que me senti muito melhor no sábado, dorido da massagem mas pronto para dar porrada no corpo e queimar algum do açúcar que se acumulou nos últimos dias (e obviamente arranjar espaço para mais que os doces ainda não acabaram). Após um bom aquecimento na companhia do Penim (que já não via à uns bons meses!), foi a altura de seguir para a partida.
Ser sub35 deu-me o privilégio de ficar no bloco da Elite B. É uma boa sensação estar quase lado a lado com os melhores a nível nacional. Após o espetáculo todo da HMS (nada a apontar, foi uma organização perto da perfeição) e a partida da elite feminina, chegou a vez da 1ª vaga (elite masculina, elite B, sub40 e sub50) partir. Incrível como estava praticamente sob a linha de partida e mesmo assim quase me conseguiam atirar ao chão na partida com tantos empurrões. Deviam estar a pensar que podiam ganhar alguma coisa. Enfim.

Ah e tal não ia abusar na prova não era? Dois primeiros quilómetros bem abaixo dos 3:30\km. Mas depois o bom senso imperou e tentei seguir na casa dos 3:30\km sempre sem força em demasia. Passei alguns minutos num meio de um grupo e senti-me realmente bem. Estava solto, íamos todos na mesma passada e claro fartei-me de estar ali. Toca a arranjar espaço para passar e fui para a frente. Lado a lado com o Sérgio Santos (treinador de triatlo) seguimos na liderança do grupo e por lá ficamos durante muitos quilómetros. Disseram-me após a prova que me viram a puxar cerca de 15 atletas. Só me soltei do Sérgio após o regresso ao Rossio no inicio da escalada da Avenida da Liberdade. Mais uma vez com juízo mas forçando o andamento lá fiz aquela subida toda. O maior sacrifício da subida é ainda ter que dar a volta ao Marquês.

Com o trauma todo do GP Natal, um dos objetivos que formei durante a prova foi não ser ultrapassado na descida da Avenida da Liberdade. Puxei por mim e consegui não ser ultrapassado tal como ainda ultrapassei alguns atletas! Mas parecia um maluquinho sempre a olhar para trás a ver se não vinha ninguém atrás de mim :)

Este trio tem que se juntar sempre para a selfie!
Acabei com um tempo de 34'57'', ficando classificado em 47º da geral (de 8517 classificados) e 21º do escalão (de 1517). Nada mau para um corpo movido a rabanadas. Mais importante foi não desgastar o corpo em demasia e ainda ter conseguido fazer um longo (para mim) no domingo de 60' para 4:03\km. Foi essa a melhor recompensa de não ter andado no limite numa prova que vale mais pelo divertimento da corrida que proporciona do que tempos e classificações.

Venha 2015!

Resultados: São Silvestre de Lisboa 2014

12 comentários:

  1. Continuo a dizer... fico sem palavras! Fazes 34.57 e não te desgastaste em demasia?!? Espectacular!

    Desejo-te um excelente 2015 (e se possível, com tempos AINDA melhores!)

    Um abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado João!

      Um bom ano também para ti e para os desafios que ai vêm!

      Um abraço

      Eliminar
  2. ahahaha nem sei bem o que comentar disto.. Brutal!! Ainda andei a ver se te via, mas não me lembrei de procurar as camisolas laranjas da weventual, pensava que ias com o teu equipamento normal. Bem olha, parabéns por mais uma excelente prova e pelo longo (longo a 4 ao km BAHAHAHA) :) Abraço e bom ano!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bem com tanta gente que lá havia, quase impossível encontrar alguém que ainda por cima só conhecemos por fotografias :)

      Um bom ano Filipe, abraço!

      Eliminar
  3. Eu vi-te a descer a avenida da Liberdade, estava eu a subi-la! Muitos parabéns e para a próxima "esforça-te mais", ehehehehehe

    Um grande abraço e bom 2015

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vou-me esforçar sim :D

      Um abraço e um bom ano Sérgio!

      Eliminar
  4. Boas Vitor!

    Agora começa a ser normal andares na "Estratosfera"!
    Para quem ia a puxar por 15... não foi mau tempo! :)

    Abraço e um bom ano!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Era pior se fosse eu atrás deles, era mau sinal :p

      Um bom ano Luis, abraço!

      Eliminar
  5. Eu comecei a correr há 3 semanas. Para o ano irei participar nessa!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Força nisso Dora! O que custa é começar :)

      Eliminar
    2. Força Dora, o Vitor têm toda a razão!

      Eliminar
  6. Quando é que deixam os gémeos de arder? lol

    ResponderEliminar