segunda-feira, 2 de março de 2015

Corrida da Árvore 2015

Sabem uma coisa? Já andava ressacado com falta de provas. Apesar de ter ido aos 20km Cascais, não fui com o chip de competição ligado, o que faz com que desde o Fim da Europa que não tenha sentido o bichinho da competição. Depois de mais de um mês a treinar, chegou o primeiro desafio do mês de Março, a Corrida da Árvore. Decidi apostar nesta prova porque nunca a tinha feito e porque não é apenas mais uma prova de estrada, é uma prova com algum declive positivo e com o belo cenário de Monsanto como paisagem.

Fui cedo para Monsanto para levantar o dorsal e para variar foi a decisão mais acertada. Deu para fazer um aquecimento nas calmas (sempre na companhia do João) e ainda para ficar na frente da partida sem sobressaltos. É curioso como antigamente ficava sempre bastante nervoso antes de uma prova e agora só momentos antes da partida é que o bichinho me ataca. Ando a ficar demasiado descontraído :) A partida foi mais uma daquelas estranhas em que começo na frente e sinto que estou a fazer figura de urso porque ninguém me acompanha. Pensei "bem há-de haver ai uns quantos que já me ultrapassam".

Na verdade só um atleta me chegou a ultrapassar por algumas centenas de metros, seguindo algum tempo também lado a lado com o Diogo Baena e o João. Na primeira subida, eu e o Diogo ultrapassamos o 1º e ainda me distanciei alguns metros do Diogo. Ao fim do 1º quilómetro apenas tinha o carro com o marcador de tempo (é este o nome?) pela frente. Sempre com o Diogo no campo de visão (quando digo isto, estou a falar de olhar para trás e conseguir vê-lo), os primeiros quilómetros com descidas e subidas foram sempre em ritmo forte, coisa que desgasta bastante com as descidas que existem em Monsanto. Outra razão de dar tudo o que podia a descer, era porque estava borrado que alguém me apanhasse a descer. Porra de trauma.

Fonte: Marcelino Almeida
O 5º km trouxe consigo o primeiro grande desafio: praticamente 2 quilómetros sempre a subir, apenas com alguns metros a descer pelo meio. Não sei se foi aqui que ganhei algum tempo, mas a verdade é que me sinto sempre muito bem a subir. Depois deste sofrimento voltou o sofrimento psicológico: ao 7º km toca de voltar a descer. O problema é que aqui já não havia forças para muito mais, as pernas já estavam desgastadas do impacto e a cabeça psicologicamente não está habituada a isto de andar na frente. Quem me conhece sabe que eu mentalmente penso que sou apenas mais um neste mundo e muito menos consigo lidar com o facto de liderar uma prova. Durante uma prova os pensamentos costumam ser vários, mas apenas com o carro pela frente os pensamentos conseguem ser completamente aleatórios e não fogem do mesmo: "e se eu parasse aqui?", "porra hoje não me escapa", "bem se me ultrapassarem também já foi bom", "então mas o gajo lá atrás não desaparece?", "então e se eu tentasse ultrapassar o carro?". Este último pensamento então foi o mais triste que passou pela cabeça. Sou "muita" urso :)

Fonte: Marcelino Almeida
Ai está o ******* (pensem na ofensa que quiserem!) do carro!
Pelo 8º km começa outra vez a luta nas subidas de Monsanto. O que eu não estava preparado mentalmente era para encontrar uma parede autêntica perto do 9º km que me fez praticamente perder as forças. Lembro-me perfeitamente de olhar para o carro ver 32 minutos e pensar "ah, olha, não sinto as pernas e estou quase a acabar, porra!". Mas aguentei e obtive a minha primeira vitória numa prova! Passei a meta com o tempo de 34'34'', longe do meu melhor tempo, mas com consciência que era quase impossível fazer melhor neste momento. O sentimento? Fantástico! É a recompensa das últimas semanas de treino e um incentivo a continuar a melhorar! E agora? Carrega nos treinos que ainda há muitos meses pela frente e muitas alegrias para conquistar!


A todos que me têm dado os parabéns, é mesmo um grande incentivo para continuar a trabalhar! Obrigado mesmo! E por fim um obrigado especial à minha fisioterapeuta pessoal que me está sempre a pôr como novo! És a melhor!

Resultados: Corrida da Árvore 2015

22 comentários:

  1. Caro Vítor

    Quando olhei para a classificação, e após ter arregalado os olhos, senti-me muito feliz por ti pois sei bem como mereces um resultado fantástico como este! Muitos e muitos parabéns!

    E também pudemos ter um relato diferente. Os pensamentos dum atleta a liderar uma prova! :)
    (aquela de pensares em ultrapassar o carro foi demais! :) )

    Um abraço, força para mais e, nunca é demais repetir, MUITOS PARABÉNS :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado grande João! É sempre um prazer receber os teus parabéns!

      Sim tentei transmitir o que pensei, mesmo sendo pensamentos parvos, mas isso já é defeito de fabrico :)

      Um grande abraço!

      Eliminar
  2. Muitos Parabéns Vítor, já andavas a ameaçar um resultado assim à uns tempos :) Venham outros iguais.

    Gostei do pensamento de ultrapassar o carro :)

    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado João! Vamos ver se terei o prazer de repetir outros feitos como este!

      Um abraço!

      Eliminar
  3. Porra, que brutalidade! És o maior caraças! Espetacular. E estou como o João, não é todos os dias que se lê um relato de um campeão, ainda por cima tão bem escrito. Muitos muitos parabéns Vitor, és uma inspiração! Força e continua a trabalhar que da proxima vez nem o carro te escapa!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Fala um homem que acabou de fazer mais de 100km! Eu não andava durante uma semana com uma prova dessas :)

      Obrigado Filipe! O corpo vai continuar a sofrer tem de ser!

      Um abraço!

      Eliminar
  4. Quem trabalha como tu sujeita-se a estas coisas. E só quem não te acompanha pode-se surpreender com o resultado.
    Vai-te habituando aos carrinhos com o tempo porque vão continuar a estar bem perto.
    Parabéns!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado Pedro! É sempre bom ler essas palavras!

      Um abraço

      Eliminar
  5. Caro Vítor,

    Acredito que seja uma sensação única sentir o retorno de todo o esforço investido nos treinos e provas realizadas até agora, num percurso tão difícil e também num dos mais belos cenários da nossa Lisboa...
    Muitos Parabéns por esta tão merecida vitória, e como já te tinha dito, espero que seja a primeira de muitas na tua curta mas muito promissora carreira atlética!
    Quero deixar-te aqui uma palavra de agradecimento em nome do grupo weRun Portugal, e manifestar o nosso apreço e satisfação por tão bem nos representares!
    Forte abraço!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado pelas palavras Pedro. É realmente uma grande alegria quando vemos o esforço recompensado!

      É um prazer correr com a camisola do weRUN Portugal!

      Um grande abraço!

      Eliminar
  6. Muitos parabéns Vitor! És uma máquina!! Gostei tb de ler o que vai na cabeça de quem vai a lutar para ganhar uma prova e gostei especialmente dessa de pensares em ultrapassar o carro...hehehe...muito bom. Agora até já te queres medir com carros :)
    Grande abraço e força para os próximos desafios

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado Carlos! O mais engraçado é que é tudo verdade, nem estava a pensar bem na parvoíce que me estava a passar pela cabeça na altura! Ehhehe

      Um abraço!

      Eliminar
  7. Grande Vitor!
    Mais uma vez parabéns por mais um extraordinário resultado. Simplesmente fantástico!
    Continua a carregar!

    Abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado grande João!

      Temos de combinar a estafeta! :)

      Um abraço

      Eliminar
  8. Muito mas mesmo Muito BOM!

    Parabéns!

    Pelos ultimos resultados, pelos tempos que apresentas, pelo esforço e dedidação que mostras, era apenas uma questão de tempo!

    Adorei saber o que se pensa quando se vai à frente numa prova destas!

    E, sim, essa de pensar em ultrapassar a ************* do carro "marcador" é fenomenal!

    Este ano decidi não ir, afinal farto-me de correr exactamente nesses 10 km, pelo que me pareceu parvo pagar novamente para ir.

    Fui o ano passado e até gostei, é um gosto diferente, o caminho é o mesmo mas a adrenalina da prova é sempre diferente, sim, mesmo para quem anda bem mais no meio do pelotão.

    Excelente tempo, mesmo para ti :) se pensarmos no desnivel da prova (num treino no mesmo trajecto mas no outro sentido tenho cerca de 370 D+ pelo que neste caso deve ser mais ou menos parecido).

    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado! É sempre bom vermos resultados do nosso trabalho!

      Eu inscreve me mesmo por não conhecer nada de Monsanto, apenas lá tinha participado na prova da Ajuda à uns anos atrás. Agora no teu percebe se perfeitamente :)

      Um abraço

      Eliminar
  9. Parabéns pela vitória Vitor! Já foi tudo dito pela malta! Estás em grande e continua!

    Ri-me sozinho aqui a ler as tuas palavras, quando referiste que querias passar o carro! Muito bom momento! LOL

    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado Luis!

      As coisas mais parvas passam-nos pela cabeça quando estamos a correr e naquele momento passou-me aquilo eheheh

      Abraço!

      Eliminar
  10. Parabéns Vítor. Grande resultado, e espero que cada vez menos penses que és um modesto corredor :)

    ResponderEliminar
  11. Muitos parabéns Vitor! Estás uma máquina imparável! Continua amigo!

    ResponderEliminar