segunda-feira, 13 de abril de 2015

76ª Estafeta Cascais-Oeiras-Lisboa

Num fim de semana onde houve provas com distâncias para todos os gostos, eu optei pela distância de 5 km. Ah e tal preguiçoso. Preguiçoso nada pá! Fui fazer a prova de estafetas com mais tradição em Portugal e tentar um bom desempenho em prol do excelente pessoa do ASC do Vale Grande.

Após uma viagem bastante animada, largando cada um dos atletas no seu percurso, eu fiquei a meio caminho para a partida do 1° percurso. Foi um excelente aquecimento, tendo em conta os aquecimentos da treta que costumo fazer. Porém vi logo que estava um pouco preso, sentindo os músculos um pouco presos. Vi o pessoal da pesada que lá estava e pensei "já fomos".

Partida dada em ritmo alto e passou-me pela cabeça que deveria manter aquele ritmo para fazer o meu objetivo de tempo final. Pois, pensar pensei, mas fazer é mais complicado. Embora estivesse a puxar aquilo que podia, tentando dar esticões no ritmo para tentar aumentar a passada, a coisa não desenvolveu e estava muito longe do meu objetivo. O ritmo só não diminuiu mais por causa de um atleta que seguiu sempre ao meu lado, o que foi para me sentir picado.

Quando dei por mim, a prova tinha acabado e tinha ficado a 20 segundos do meu objetivo principal, andar a 3:20/km e fazer o percurso em 16'40''. Acabei com um tempo de 17'00'', contribuindo para o lugar da geral em 104 equipas classificadas.

Sim não foi mau. Sim tirei mais de um minuto ao meu melhor tempo (3º percurso no ano passado, 18'13''). Mas eu sei que sou capaz de mais e melhor. Os meus treinos não era este tempo que me diziam. Os resultados que tenho atingindo não era isto que me diziam. O que pode ter corrido mal? Coincidência ou não, falou-se a caminho da prova sobre a influência que o peso pode ter na velocidade e depois de uma semana sempre a comer que nem um parvo (mas também a meter muitos quilómetros) pode ter tido influência. Outro pormenor foi o vento contra em toda a prova. Mas vá lá! O vento estava lá para todos não era só para mim!

Vou prosseguir até ao final desta época da forma que a pensei, para a próxima talvez tenha que mudar algo, pensar que se calhar ser auto-medicado poderá não ser o melhor para a minha ambição. Mas isso será outra conversa, agora levanta-te e vai treinar.

Resultados: 76ª Estafeta Cascais-Oeiras-Lisboa

4 comentários:

  1. Grande Vitor! Mais uma boa prova para variar!

    Um conselho, que vale o que vale vindo de quem vem ahah

    Acho que devia perder pelo menos uma vez por semana a fazer treinos de séries "a sério". Digo isto pois dos teus treinos de séries estas são sempre depois de corrida que não é propriamente lenta.

    Assim podias apostar em carregar mais na velocidade das série e no volume das mesma já que não tinhas a parte de corrida tão elevada nesse dia.

    Força aí!

    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado João!

      Tenho pensado seriamente sobre isso, tenho que me começar a controlar em dia de séries e apostar mais em quantidade e qualidade das mesmas do que na corrida. Vou tentar fazer isso na estrada, se não resultar vou tentar organizar a vidinha para voltar à pista eheheh

      Um abraço João!

      Eliminar
  2. Preguiçoso! Um gajo que corre a 3:20! Certo..eheh Sim, se calhar auto medicado não é o melhor para evoluires não.. Um abraço, parabéns

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Grande Filipe, comecei à pouco a ler o teu relato :)

      Pois tenho de me decidir se volto a pedir "receita" ou continuar assim. Veremos!

      Um abraço obrigado!

      Eliminar