quarta-feira, 5 de agosto de 2015

Olha... perdi-me!

Quando estou fora de época (ou em alguma semana durante a época em que escolho abrandar o ritmo), gosto de explorar novos caminhos, seja estrada ou terra batida. Não me importo de ter de abrandar, voltar para trás ou fazer uns caminhos mais manhosos.

As minhas últimas experiências têm-me levado para um circuito (renovado) de terra batida que existe na Rinchoa (perto da casa da minha mais que tudo) e apesar de não ser muito grande dá para fazer muitas variantes do percurso pois tem muitos trilhos. Conheço um pouco da zona da Rinchoa, Rio de Mouro e Algueirão mas não o suficiente para me aventurar muito.

Hoje de manhã decidi meter-me por um trilho (que estava sinalizado). O trilho passava por baixo da da linha do comboio (Rio de Mouro) e quando chego ao outro lado decidi aventurar-me mais um pouco por caminhos que não já não pertenciam ao circuito. Aparece-me um estaleiro abandonado pela frente e um pouco a medo sigo (não tinha nenhuma placa a dizer proibido, apenas uma pedra para impedir os carros de passarem). Mais uns estradões e aparece-me esfalto finalmente à frente. Todo convencido do meu sentido de orientação vejo uma placa a dizer escola secundária e penso "pois faz sentido, vim ter à rua da secundária de Rio de Mouro". Quando passo pela dita escola, esta diz "Escola Secundária Gama Barros - Cacém". Aqui começa uma sucessão de más escolhas.

Pergunto a um senhor o melhor caminho para Rio de Mouro e diz-me para ir em frente até a uma rotunda, rotunda essa que tinha uma placa a dizer Rio de Mouro. Não sei que porra me passou pela cabeça, achei que fazia sentido passar para o outro lado da IC19 (para quem não sabe, Cacém e Rio de Mouro são do mesmo lado...). Escusado será dizer que demorei uns bons quilómetros até perceber que não fazia a mínima ideia onde estava (aparentemente estava numa zona conhecida por ser o local de trabalho de senhoras da vida). Só percebi que estava do lado errado quando cheguei à zona do Retail Park / Fórum de Sintra. Ainda devia estar a dormir só pode.

Sigo em direção a Mem Martins e rezava para que me aparece-se um caminho conhecido. Segui umas placas a dizer Rio de Mouro, ainda continuando completamente perdido. A certa altura chego a uma estrada que conhecia. Finalmente! Depois penso "vou pela esquerda porque conheço o caminho embora seja um bocado lixado e demorado ou vou pela direita que sei que é mais rápido mas só o fiz uma vez de carro à noite?". Claro que fui pela direita. Advinham o que aconteceu? Perdi-me outra vez.

Depois de perguntar a uma senhora o caminho para Rio de Mouro, finalmente fui dar ao tal caminho que deveria ter virado à esquerda. E pronto passado uns 15 minutos estava de volta a casa com a minha namorada e respetiva família a rirem-se que nem os perdidos com as minhas desventuras por terras de Sintra.

Era suposto ser uma corridinha de 30/40 minutos lá para os 5:30\km. Acabou por ser 1h20' bem abaixo do ritmo previsto, pois o trabalho não espera por mim e não podia estar a pastar e arriscar a atrasar-me.

O mais estúpido disto tudo é que nunca me passou pela cabeça fazer o caminho inverso. O que vale é que gosto de correr se não ai é que tinha ficado mesmo chateado :)

 

7 comentários:

  1. ahahahah deixa lá.. na próxima já reconheces algumas partes do percurso! :)

    Também gosto de desbravar terreno, seja a correr ou de bike. A melhor parte é quando descobrimos um percurso mesmo à maneira! Sentimo-nos uns Vascos das Gamas! :)

    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu também gosto bastante, neste foi mais a questão de começar a pensar nas horas, ir trabalhar e tal... Mas pronto acabou por ser tudo pacifico e ainda deu para rir e fazer rir :)

      Um abraço!

      Eliminar
  2. Irmos por caminhos novos é sempre uma aventura, já corri ai perto, foi naquele dia que encontrei as ovelhas, e comecei a correr nesse mesmo parque junto a umas piscinas! O meu fisioterapeuta é dai da zona de Fitares

    Um abraço :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pronto agora sim já percebo onde te foste meter ao pé das ovelhas ehehe

      Abraço

      Eliminar
  3. Repara que eu não me vou vou rir da situação.

    Tem graça, tem, mas não me rio.

    Abraço

    PS: "O que vale é que gosto de correr se não ai é que tinha ficado mesmo chateado :)" ahahha, ok, pronto :)

    ResponderEliminar