segunda-feira, 14 de setembro de 2015

39ª Meia Maratona de São João das Lampas

Vamos a factos. Esta é uma prova espetacular. É difícil? Sim é. Tem um público excelente? Do melhor que se pode pedir em Lisboa em arredores. Tem bons abastecimentos? Epa até chuveiros/mangueiras tens que queres mais? Tem bom ambiente? Vá lá chega de perguntas. Já disse que a prova é fantástica. Ah e peço já desculpa pelo excesso de fotos, mas até no número de fotógrafos(as) o raio da prova foi boa! Mas vamos lá ver como me correu.

Sabem aquelas parvoíces que fazem e nem sabem como? Eu às vezes tenho dessas paragens cerebrais. No sábado combinei com o pessoal da minha equipa que estaria nas Lampas para levantar os dorsais por volta das 15:30. Na minha cabeça formou-se a ideia que tinha de sair de casa às 15:30, quando tinha quase 30 minutos de caminho para fazer. Mas pronto tranquilo cheguei lá às 16:00. Equipa reunida, aquecimento sempre na palheta e muito, muito nervosismo. Acreditem, costumo ficar com bichinho para as provas, mas nervoso e com cagufa isso foi a primeira vez.

Fonte: AMMagazine
Partida dada e instalei-me num grupo que seguia atrás dos dois atletas que lideravam destacados a prova. Reparei que apesar de irmos num ritmo rápido, sentia-me muito confortável. Fiquei contente pois estamos em início de época e não esperava que fosse confortável para mim andar num ritmo alto. Depois de algumas voltinhas e sobe e desce, chegamos ao famoso 5º quilómetro. Siga 2 quilómetros a subir. No final das subida seguia confortavelmente em 4º lugar mas não tardou a que o líder da prova se ressentisse do esforço e se deixasse ultrapassar (pelo que me disseram acabou por desistir).

Fonte: AMMagazine
Seguindo no carrossel, cerca dos 10/12 quilómetros fui ultrapassado pelo Bruno Lourenço que apareceu nem eu sei bem de onde :) fiquei assim em 4º lugar até ao 14º km. A partir daqui começou a festa. Para além de começar mais uma boa subida fui alcançado por dois atletas mais velhos que durante muitos quilómetros seguiram comigo, ora um de nós se ia adiantado, ora ia outro. Aos 18/19 quilómetros já estavas nas últimas. Os meus quadríceps estavam doridos e sem força e estava a ser um sacrifício tentar acompanhar o andamento daqueles atletas. Pensei seriamente em desistir. Estava derrotado mesmo.

Entrei no 20º quilómetro (finalmente já não era a subir) em 6º lugar. Comecei a dar tudo o que tinha. Passei para a frente dois atletas ficando em 4º lugar. Mas um deles colou-se a mim. Aquele quilómetro era interminável. Quanto mais eu puxava mais ele também puxava. Pensei que tinha arriscado demasiado cedo. Passou-me tudo pela cabeça. Quando comecei a ver a meta a aproximar-se senti que ele tinha cedido um pouco mas continuei a puxar. Nunca olhei tantas vezes para trás. Foi o final de uma prova que alguma vez me deu mais gozo. E cansaço. Não tinha forças nenhumas e mesmo assim foi o meu quilómetro mais rápido da prova.

Fonte: Correr Lisboa
Estão a ver esta cara? Foram os metros finais de sofrimento!
Fonte: Astrodeck Studio
E pronto cruzei a meta em 4º lugar da geral, 2º do escalão, com o tempo de 01h17'53''. Não podia estar mais contente! Todos os meus colegas de equipa também foram aos pódios dos seus escalões e como não poderia deixar de ser, Associação do Vale Grande em 1º por equipas!

Fonte: AMMagazine
Fonte: AMMagazine
Não podia pedir melhor início de época! O único sabor amargo, foi uma dor que andava a sentir no pé direito, junto ao tornozelo, que me andava a doer de vez em quando desde há uns bons dias para cá, agravou e no domingo custava-me a meter o pé no chão. Mas com juízo a coisa vai-se recuperar. Tenho uma época inteira pela frente! Venha ela!

Resultados: 39ª Meia Maratona de São João das Lampas

13 comentários:

  1. Muitos parabéns por mais um espectacular resultado, este alcançado numa prova espectacular! :)

    E que essa dor passe tão rápido como a tua velocidade a correr :)

    Um abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado João!

      Já passou, foi só um susto :)

      Abraço

      Eliminar
  2. Espetáculo Vitor! Parabéns pela prova! Abraço

    ResponderEliminar
  3. Ahhhh, e pois cagufa....vai...descansar e pôr esse pé bom :)

    Parabéns pela prova, resultado e ainda como foi tirado a ferros!

    Abraço

    ResponderEliminar
  4. Espectáculo Vitor... que grande inicio de época. Muitos parabéns.
    Aquele abraço e vê lá se te pões bom desse pé

    ResponderEliminar
  5. Parabéns!!! Muito bom numa prova fabulosa mas muito dificil.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Esta prova vale todo o sofrimento tendo em conta os prós que tem :)

      Obrigado! Abraço

      Eliminar