domingo, 3 de abril de 2016

34ª Corrida dos Sinos

Este tem sido um ano de poucas provas. Em 2016, penso que esta seja apenas a minha 4ª prova (de forma competitiva). Escolha minha claro. Eu não corro pelas provas, corro porque gosto, e sinceramente existem outras prioridades na vida, outras paixões. Mas quando aparecem as provas também são todas de uma vez. Dois fins de semana, três provas. E tudo começa com a Corrida dos Sinos.

O único sino que tenho é de 2013. Por esta altura ainda estava a aprender o que era correr a sério. Tinha voltado de lesão (grave) e vim a esta prova para ver o que podia fazer. Nesse tempo fiz 59m31s, para 3:55\km. Lembro-me de ir no limite, mas a verdade é que não conhecia o meu limite. Lembro-me de passar pelo Sobreiro e me rir com a música. Hoje quando passei pelo Sobreiro não me estava a rir.

Antes da prova e depois de alguns desencontros com o meu colega de equipa Kikas para entrega dos dorsais, lá me fui alinhar junto do pessoal na linha de partida. O sino tocou e percebeu-se pela partida que a prova estava concorrida a nível competitivo. Gente muito forte. Eu depressa fiquei para trás, seguindo num passa não passa com um atleta do Estoril. Numa subida nos primeiros quilómetros, consegui deixá-lo para trás e colar-me a dois atletas da Odimarq e da Marinha. Foram a minha companhia durante muitos quilómetros.

Fonte: Luis Duarte Clara
Até fecho os olhos com o esforço!
A partir do quilómetro 5º/6º começámos a descer mas o esforço parecia que aumentava. A culpa, suponho eu, foi do vento contra que se fazia sentir e bem. Passámos pelo Sobreiro com grande música de bailarico mas a minha cabeça naquele momento não queria saber da garagem da vizinha. Só queria saber quando fizéssemos a viragem, como ia aguentar aquilo tudo a subir.

Perto do quilómetro 9 lá apareceu a viragem. O atleta da Odimarq deu um esticão e eu fui com ele. Excelente ideia Vitor. O atleta impôs um ritmo na subida que eu não contava mas que sinceramente me soube bem e estava a conseguir acompanhá-lo. Após alguns quilómetros pensei que ia em quebra mas uma subida deu-me um novo ânimo e consegui passá-lo. Problema? Passado umas centenas de metros, à entrada do último quilómetro apareceu-me um atleta da Marinha (e não era o que ia connosco na primeira parte da prova) e seguiu ao meu lado. Tanto puxou que acabei por quebrar e não conseguir acompanhá-lo. Não posso ser sempre eu a ter uma boa ponta final!

Passei a meta em 18º da geral, com 53m10s. Gostava de ter feito uma prova na casa dos 52 minutos e na verdade o meu objetivo eram os 15 primeiros (prémios monetários). E na verdade esse lugar ficou a menos de 20 segundos de distância. Não estou chateado e fiquei satisfeito com a minha prova, mas tenho de aprender que se quero melhorar, há coisas que tenho de abdicar: uma delas é fechar a boca, controlar-me à mesa. Outra é dormir. Sim dormir. Mas esta já é mais difícil, existem outros objetivos na vida, talvez até mais importantes que a corrida e disso eu não posso abdicar. É aproveitar enquanto sou um puto :)


Quero deixar uma palavra à minha equipa. Ficámos em 7º por equipas, frente a grandes atletas. O José Silva (Kikas) foi para a prova sem pregar olho à dois dias. O Benardino também apenas com uma hora de sono. O Geada a recuperar ainda de uma semana de cama. E no entanto foram à luta, mesmo com o trabalho e com a doença a prejudicar o corpo. Esta equipa merece todos os resultados que obtém. E para a semana lá estaremos na Golegã para mais uma meia maratona. Até lá!

PS: Esqueci-me de agradecer todo o apoio popular que mesmo com frio estavam na rua e ainda o apoio que recebi na 2ª parte da prova por parte dos outros atletas. Obrigado!

Classificação: 34ª Corrida dos Sinos

9 comentários:

  1. Parabéns pela prova Vitor!

    Tiraste cerca de 6'20'' à tua anterior marca! Imagina-te tu, à "tua" espera durante essa tempo todo :)
    Grande evolução!

    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado Luis! Realmente é engraçado fazer esse exercício mental :)

      Abraço!

      Eliminar
  2. Mais uma grande marca!

    Parabéns

    Esta prova é especial :)

    Um abraço

    ResponderEliminar
  3. Mais uma excelente prova ... muitos parabéns. Isso de fechar a boca é o quê???? :P
    Abraço

    ResponderEliminar
  4. Há algum tempo que tenho acompanhado os relatos das corridas e muitos parabéns pelo grande atleta que é. Deixo aqui o comentário pois passo por uma fase parecida ao seu ano de 2013 :S e sempre na esperança de voltar a treinar e competir sem restrições e tentar fazer cada vez melhor. Boa continuação e muitos para bons pelo fantástico tempo alcançado nos sinos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado por me acompanhar!

      Sobre a situação, o importante é não perder o foco e continuar a seguir o caminho correto! E muito juízo na recuperação, pois os grandes erros que cometi foi ouvir as pessoas erradas e a recuperação foi muito prejudicada por isso.

      Abraço

      Eliminar
  5. Parabéns Primo,

    Se eu fizesse esse tempo na prova de hoje que é bem mais curta já ficava contente ;)

    Continua.


    Abraço

    ResponderEliminar