domingo, 20 de novembro de 2016

Corrida Dom Dinis Gold Edition

A Corrida Dom Dinis foi a última prova antes do meu grande objetivo da época, Meia Maratona dos Descobrimentos. Apesar de só faltarem duas semanas, foi uma participação completamente consciente e sem deixar o foco principal de fora. E até vos digo mais, os meus treinos esta semana foram mesmo bastante puxados: terça - 50' progressivos (média de 3:43/km), quarta - farlek até à falha (3:31/km), quinta - 70' moderados com 10' a ~3:35/km) e sábado com 75' (quase 20 quilómetros num dia antes de uma prova). E querem saber a melhor? Senti-me bem hoje. Tirando o início da prova em parecia estar um pouco adormecido, as pernas responderam de foram impecável. Mas vamos ao relato.

O ponto de encontro com o pessoal do Vale Grande foi no Pavilhão Multiusos de Odivelas (onde foi o início e final da prova). Dorsais distribuídos, tempo de ir à casa de banho e equipar. Um pequeno aquecimento com muita palhaçada e quando demos por nós faltava menos de 5 minutos para a hora da partida. Posições na partida, ainda tivemos tempo para uma foto de equipa e com sua majestade Bruno Claro do Correr Lisboa. Partida dada e puxei para ir para a frente pois a entrada em estrada era feita através de uma curva acentuada e não queria correr o risco de escorregar ou embater e alguém e acabar já ali a prova.

Fonte: Correr Lisboa
Durante os primeiros 2/3 quilómetros de sobe e desce (a minha cidade natal não perdoa na altimetria), tive o Vitor Tavares do Correr Lisboa (que está em grande forma) sempre colado a mim, quase ultrapassando-me nas descidas. Embora fosse muito cedo, numa rua com maior declive positivo decidi arriscar e aumentar a passada fazendo uma subida mais forte e a verdade é que pouco depois deixei de sentir a passada do Vitor atrás de mim.

Perto do quilómetro 5, foi o momento em que passou o insólito pela cabeça. Lembram-se da minha última Légua Noturna de Odivelas? Lembram-se do carro da policia se enganar no caminho? Pois a prova hoje também passou naquela rua e o carro da policia mais uma vez segui em frente. E eu "mau... tu queres ver que se enganou outra vez no caminho?!" até abrandei a passada com medo que de repente tivesse que fazer uma volta de 180º! Mas tal não sucedeu e desta vez o carro seguia no trajeto correto. Verdade seja dita, vi uma policia muito pró ativa pois apesar de um percalço no principio da prova com um carro, a PSP ficou exigente e não deu abébias a nenhum carro (não posso falar pelos atletas que vinham atrás de mim claro...).

Sabendo que o percurso se mantinha bastante parecido com o do ano passado, sabia que os últimos quilómetros iriam ser a doer. Entre os quilómetros e os 8.5 foi sempre a subir e com subidas nada meigas. O meu ritmo neste quilómetro e meio foi influenciado pela viragem antes de começar a subir, pois percebi que ia com uma grande vantagem para o 2º. Portanto puxei mas não o fiz de maneira a que arrisca-se fazer o último quilómetro da prova a penar.

Fonte: Correr Lisboa
Depois do sofrimento, foi um quilómetro num rimo estável passando pelas pessoas da caminhada e outras que estavam na rua, agradecendo o apoio que estavam a dar. Antes de entrar no pavilhão, tive reduzir a velocidade pois o piso era escorregadio e arriscava-me a cair se entrasse ali à campeão.

Acabei em 1º lugar, com um tempo oficial de 32m44s! Foi mais uma vez um dia feliz na cidade que me viu nascer e na cidade que brevemente será mais uma vez o meu lar. Tenho que dar os meus parabéns aos meus colegas de equipa do Vale Grande, pois tivemos nada mais nada menos que 6 atletas no top 10 da prova! Mais duas mulheres também no top 10 da geral feminina! Foi um grande dia para o clube! Pena não haver classificação coletiva. Que tal contemplar equipas para o ano Correr Lisboa? :)



Falando no Correr Lisboa, tenho que dar os parabéns pela organização e por todos os apoios que conseguem ter para mimar os atletas quer da frente quer de pelotão. As medalhas, os troféus, até as tshirts. Foi um trabalho fantástico!

E agora restam duas semanas até aos Descobrimentos, uma semana em que ainda vou puder castigar o corpo e outra que pela primeira vez será uma semana com juízo de forma a ter um desempenho ótimo nesta prova. Esperemos que o trabalho valha a pena. Até lá!

Resultados: Corrida Dom Dinis Gold Edition

8 comentários:

  1. E mais uma vitória para o currículo!!!! Muitos parabéns!!!

    Imagino o susto que tiveste com essa do carro da polícia :)

    Um abraço e em força para os Descobrimentos (espero que este ano na televisão sejas Vitor e não Nico, eh eh)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado João! :)

      Sim o carro da policia foi uma daquelas coisas da vida "não outra vez não por favor..." ehehe

      Obrigado! Um abraço

      Eliminar
  2. Mais uma, muitos parabéns. Já agora, espero que na "nova" casa tenhas acautelado um anexo para colocar os troféus :P
    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado :) Epa haverá um espaço para os troféus mais bonitos, os outros logo se vê :p

      Um abraço!

      Eliminar
  3. Fazer esse tempo correndo em Odivelas, certo!

    Parabéns!

    Abraço!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Metendo a humildade um pouco de lado, mas ontem ainda dava para mais mas não valia a pena :)

      Obrigado!

      Abraço

      Eliminar
  4. Muito forte Vitor.

    Imagino algo para baixo de 1:13 na meia maratona.

    Carrega!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Veremos João, mas é esse o objetivo!

      Um abraço

      Eliminar