segunda-feira, 25 de junho de 2018

3ª Corrida Freguesia de Loures / Infantado

A época aproxima-se a passos largos do final. E na verdade já não era tempo. Estão a acontecer demasiadas coisas na minha vida e preciso de algum descanso da parte competitiva da corrida. Para quem leva este desporto a sério, é sempre preciso uma boa paragem para recarregar baterias físicas e mentais.

Mas a verdade é que esta época ainda não acabou e este domingo foi dia de mais uma prova perto de casa e num local habitual de treino. Mesmo assim rumei com tempo para a prova para perceber bem onde era a partida e para fazer um bom aquecimento, algo que é essencial para nestas provas curtas. Comecei o aquecimento sozinho mas rapidamente me juntei ao pessoal que me tem feito companhia neste troféu.

Tempo de ir para a partida e pela primeira vez em muito tempo senti algum nervosismo. A minha péssima partida da semana anterior deixou algumas marcas mas sabia que bastava o sinal de partida para tudo isso se dissipar. A partida foi rápida (tão rápida que até o meu relógio perdeu o sinal) e quando dei por mim estava a tentar a colar-me ao grupo da frente.

Rapidamente consegui perceber que a luta iria ser renhida, principalmente com os veteranos de grande nível que estavam presentes. O atleta Jorge Robalo (que eu não conhecia) à entrada do 2º quilómetro deu um grande esticão e distanciou-se de nós. Por esta altura corríamos na zona dos prédios o que nos conferia alguma vantagem sob o calor abrasador que se fazia sentir (11h da manhã quase no final de Junho?!) mas entrando na zona de lezíria as sombras dissipavam-se completamente.

Nesta fase mesmo a subir ainda haviam pernas para manter o ritmo alto. À entrada para a segunda volta voltámos a colar no Jorge Robalo e apesar do grupo já ser bem mais pequeno, ainda seguíamos na frente cerca de 4/5 atletas. Com o declive do piso favorável o ritmo tornou a subir e quando entrámos novamente na zona da lezíria foi quando a prova se começou a decidir. O Robalo atacou novamente e a frente partiu completamente, seguindo outra atleta atrás dele e eu fui atrás. Na fase crítica da subida senti as pernas a quererem parar mas ainda não tinha chegado a hora.

Entrei nas últimas centenas de metros com o atleta Pedro Gomes "à perna" e na última reta em que cheguei a atingir um pico de 2:30/km, olhei uma, duas, três vezes para trás para ter a certeza que iria conseguir segurar a minha posição.

Como é fácil perceber, passei a meta em 3º da geral e 1º do escalão sénior! O tempo foram uns agradáveis 17m02s, para cerca de 5.2km. Não era um percurso fácil e com o calor que se fazia sentir, considero que não foi um mau resultado. Torno a reforçar a minha posição (e de todos os atletas presentes...): não é admissível porem uma prova destas às 11h da manhã no final de mês de Junho. Tudo esteve impecável na organização mas a hora de partida não pode ser esta.

Ultimamente não tenho fotos em plena prova que miséria...
E agora é uma questão de dias até enfrentar aquela que vai ser a minha última prova da época: a grandiosa Corrida das Fogueiras! Finalmente (oxalá não me aconteça nada...) vou poder enfrentá-la sem estar em recuperação ou lesionado. As sardinhas que me esperem!

Resultados: 3ª Corrida Freguesia de Loures / Infantado (equipas)

1 comentário: