Grande Prémio de Natal 2021

 

Nem sei por onde começar. Por um lado o resultado final ultrapassou completamente as minhas expectativas. Por outro lado, e como a minha opinião não mudou ao longo dos anos, esta prova é propícia a grandes tempos. O que acaba por não me deixar com a sensação de realmente ter feito um resultado de outro mundo (para o meu nível claro).

Como é normal antes de uma prova que sei que vou dar "tudo", fiz uma uma semana de recuperação. É sempre interessante ver como a nossa cabeça reage a estas semanas. Para terem noção, fiz um treino de 30 minutos na quinta-feira, que me custou mais do que alguns treinos de 60 minutos abaixo dos 3:50/km. Parecia que simplesmente o corpo não lhe apetecia correr, e tive que me arrastar durante 30 minutos. Mas pronto, eu já sei como isto funciona, e foi sem surpresa que no domingo estava quase a 100%.

Os minutos pré-prova foram os normais. Chegar, estar um pouco com a equipa, fotografia com todos, e acabar de equipar para ir aquecer. O aquecimento decorreu de forma tranquila, mas teve de acabar cedo para poder ir rapidamente para o bloco de partida, dado que os dorsais para a plebe com bons tempos eram apenas de sub40 (o resto eram vips convidados e elite). 


Apesar de terem aberto os blocos 2 minutos antes da partida, naturalmente o início foi feito com alguns zigzags. O primeiro quilómetro foi estranho. Em poucas centenas de metros houve uma clara separação de grupos por ritmos. Talvez devido à inclinação ou à confusão da partida, o primeiro quilómetro foi feito num ritmo, diria, controlado (3:22/km). Já o segundo, com um equilíbrio perfeito entre subidas e descidas, foi feito a 3:10/km. Aqui já seguia com um grupo do qual conhecia algumas caras, como o Tiago Godinho. Seguiu-se mais um e mais outro quilómetro, e pensei que iria estar até ao final naquele grupo. Mas comecei a perceber estava com pernas para mais e comecei a tentar descolar.

Apanhei alguns atletas, e já na zona do Campo Grande, acabei por seguir lado a lado com um atleta que penso ser estrangeiro. Sem dizer uma palavra, fomos puxando um pelo outro, para estando lado a lado, ora ficando esse atleta um pouco para trás e logo a seguir passar um pouco para a minha frente. Os quilómetros todos até ao 8º foram feitos a um ritmo que já à muito eu desejava, sempre abaixo dos 3:18/km. Mas aos 8kms... a coisa mudou de figura. O último túnel destruíu-me completamente e quando acabo a subida percebo que não tenho pernas para voltar ao ritmo anterior ao túnel. Não era o único, pois o atleta que me acompanhava começou a ficar para trás. Olho para o relógio e vejo ritmos acima dos 3:40/km. Penso "foda-se, isto não me vai acontecer agora!". Terminei esse quilómetro a 3:35/km.


Começo a ver a rotunda do Marquês de Pombal e penso "é agora ou nunca, a prova está feita, o resto é bónus". Puxei por mim como um louco. Todas as madrugadas de treino nas últimas semanas iam terminar naqueles últimos cerca de 2 quilómetros. Seguia completamente sozinho (como é possível nesta prova???), e concentrei-me nos gritos das caras conhecidas que ia ouvindo. E não vale a pena dizer mais. Basta dizer os ritmos: 2:52/km e 2:567km.

Sim a prova tem um declive propicio a isto. Sim, eu vou continuar sem considerar isto o meu recorde pessoal. Esse vai continuar a ficar a pertencer à São Silvestre da Amadora de 2018. Mas quando objetivo era fazer nem que fosse 32m59s, e terminar em 23º da geral com um tempo oficial de 32m27s, isso já ninguém me tira. Chamem-me aumento de moral, chamem-lhe o que quiserem. Mas esta prova fez-me perceber que eu ainda posso evoluir se continuar a trabalhar para isso. Por isso, próxima paragem: Amadora. Até lá!

Grande Prémio de Natal
dezembro 13, 2021
10

Comentários

  1. Muitos parabéns por tão fantástica marca!!! 😀
    E força para a Amadora!!!
    Grande abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado João! Gostei de te ver nos Descobrimentos!

      Um grande abraço!

      Eliminar
  2. Parabéns pela grande prova! Grande honra ser feita com a cruz de cristo ao peito e em tons de azul.

    ResponderEliminar
  3. Que grande prova. Muitos parabéns! Cheira-me a RP a caminho 😉 abraço

    ResponderEliminar
  4. E esqueci-me de dizer... tens de atualizar a foto na home do blog 😜

    ResponderEliminar
  5. Marabilha!!! Grande prova. Muitos parabéns. Tb vou à Amadora e já decidi que vou atrás de ti 🤷‍♂️. Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Parecia que ias... guarda para Fevereiro (se acontecer... lol)! Um abraço!

      Eliminar

Enviar um comentário

Search

Popular Posts

Análise Domyos T900C

Finalmente, o prometido já há algumas semanas! Fiquem com a minha análise à p…

Zurich Maratón de Sevilla 2019

Há momentos na vida em que temos de decidir aquilo que nos define. Eu felizment…

Grande Prémio de Natal 2021

Nem sei por onde começar. Por um lado o resultado final ultrapassou completam…

Corrida da Árvore 2015

Sabem uma coisa? Já andava ressacado com falta de provas. Apesar de ter ido aos…

As minhas duas últimas provas pelo Vitória Futebol Clube

Olá! Lembram-se de mim? O meu último post foi a 13 de Julho. Nem me apetece faz…

Contact Me