sexta-feira, 19 de dezembro de 2014

Fui jogar à bola

Deuses da corrida, eu quero-me confessar. Cometi um pecado. Fui jogar à bola. 

No último post tinha referido que ia fazer uma semana de intervalo na época em que iria alternar entre descanso ativo/passivo. Juntando isto ao facto de me estarem sempre a "chatear" para ir jogar à bola todas as semanas com o pessoal do trabalho, lá cedi esta semana.

Segunda quando estava a preparar a mala com o equipamento para terça o meu pensamento já era "eu vou-me arrepender". Terça durante o dia todo (o jogo era à noite) estive sempre com a ideia "vou, não vou, vou, não vou". Mas parvo como sou, fui. Aproveitei nesse dia de manhã e não treinei, o jogo já ia ter corrida que chega-se, pois (e isto deveria ser dito logo ao inicio) eu não jogo nada, um completo zero. Um cão coxo a empurrar a bola com a cabeça joga melhor que eu.

Foram quase duas horas (com alguns descansos de 5 minutos, éramos 3 equipas) a correr, com demasiados sprints à mistura e ainda umas boladas jeitosas. Com ajuda do gajo ou algo parecido que esteja lá em cima ainda consegui acertar algumas vezes na bola. Não marquei nenhum golo e como solidariedade a minha equipa também nunca marcou um único golo. Curioso.

Eu a treinar no dia a seguir
A festa foi no dia a seguir. Esta época já bati várias vezes o meu melhor tempo aos 10km, já fiz um tempo fantástico (para mim) à meia e porra NUNCA tive tantas dores nos dias a seguir. O jogo foi na terça e ainda hoje pareço um inválido (vá em recuperação). Fiquei com dores em sítios em que nunca tinha sentido ponta de dor. Ah e tal eu sei que no futebol os músculos usados são diferentes. Mas catano essa diferença tinha de ser tão dolorosa? Enfim, isto é que foi uma bela semana de descanso. 

4 comentários:

  1. Hehehe...tb fico assim quando vou jogar com a malta (2 vezitas por ano)...e olha que eu joguei à bola 20 anos. Isso passa :)
    Abraço

    ResponderEliminar
  2. Ah pois... os músculos são diferentes e o andar fica novo! :)

    Um abraço

    ResponderEliminar
  3. ahahaha Isso acontece-me quando jogo basket (tenho quase a certeza que ainda sou pior que tu a jogar à bola). Aliás, acontecia, porque deixei mesmo de jogar já com medo do day after. E dos pés torcidos, já agora.. Até sábado!

    ResponderEliminar
  4. Vitor, básicamente quando se muda o esquema de treino, é o seguinte, não há que enganar!

    "Esquema novo, dores novas!"

    Abraço e Bom 2015

    ResponderEliminar