domingo, 20 de março de 2016

26ª Meia Maratona de Lisboa

Pois é. Ano após ano a dizer que não torno a meter os pés na ponte e cá estamos nós outra vez. Não se pode confiar na minha palavra.

Falando de coisa sérias, durante a prova passei por uma banda que estava a cantar "hoje acordei a queimar por dentro..." e pensei, nem sabem o quanto estão certos. Porquê? Por causa disto:




Estou em fase de crescimento tem de ser. Mas claro, o problema é o picante. Picante à parte na francesinha é meio caminho andado para o outro dia ser uma rave nos meus intestinos. E não me vou alongar porque na verdade apesar do muito medo e das muitas vezes que fui à casa de banho até à hora da prova, a coisa foi tranquila. Isto foi só mais para arranjar um pretexto para meter fotos de comida no post (incha Perneta! Responde lá agora! Olha que ainda tenho aqui fotos guardadas da sobremesa a seguir à francesinha...).

Mas vamos lá à prova. Este ano a prova teve um gosto de especial. Vim acompanhado dos meus pais que pela primeira vez iam atravessar a ponte. E como ia com eles e eu só ia treinar, ia mais relaxado, mesmo em termos de tempo. E por isso chegamos acima da ponte apenas vinte minutos antes da partida. O resultado já se sabe, partida dada e primeira que passa-se a linha de partida passou-se um bom tempo. E o primeiro quilómetro? Parecia aqueles exercícios de jogadores de futebol a fazer zigzags aos pinos (não estou a chamar às pessoas de pinos...).

Fonte: Portugal Running
A melhor foto no momento...
Não há muito para contar, foi um excelente treino, como comecei tão atrás, passei a totalidade do percurso sempre a ultrapassar pessoas, indo também progressivamente a aumentar o meu ritmo, cumprimentando aqui e ali o pessoal que conheço destas andanças. Dá-me gosto fazer este tipo de provas em treino. Já o disse por várias vezes, mas a verdade é que faz mesmo bem à cabeça, apreciar a prova, fazer um bom treino, esquecer a competição.

Terminei então o meu treino com cerca de 01h19m, indo de encontro aos meus objetivos para o dia de hoje. E o meu maior objetivo era dar aos meus pais uma manhã diferente e o tempo permitiu isso mesmo e eles tiveram realmente uma boa manhã e uma excelente experiência. Obrigado Weventual!

Sobre a organização da prova, não vou entrar em pormenores porque nem vale a pena. Só digo o seguinte: eu fiz a minha primeira meia maratona de Lisboa em 2012 (aliás foi a minha 2ª prova de sempre) e desde ai até este ano a qualidade da prova tem vindo sempre a piorar. Em praticamente todos os aspetos. Evolução? Zero. Já não tenho palavras para descrever esta prova. Mas fico-me por aqui.

E agora é continuar a treinar, os Sinos estão a aproximar-se!

Classificações: 26ª Meia Maratona de Lisboa

PS: Esta foi mesmo a última vez. Juro. Em 2016 claro.

7 comentários:

  1. Boas Vitor!

    Quem me dera ultrapassar pinos dessa forma, o que seria um magnífico tempo para mim! :)
    Realmente a prova já não é o que era... e eu normalmente dispenso-a por essas razões!
    Na TV vejo malta a beber vinho e a comer pão com chouriço antes da prova... o que para mim diz tudo desta "festa popular" e da confusão que acarreta...

    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo Luis. Eu provavelmente vou fazer um interregno na participação desta prova (tal como à prova da Vasco da Gama que já não fui o ano passado e que já vi mesmo em cima da ponte a assar um chouriço).

      Abraço

      Eliminar
  2. Não perdes pela demora ... deixa-te andar ;) ... vais ver as fotos pós Paleozoico, de recuperação aqui do Perneta :) :) :) ... a correr nãp tenho hipoteses, mas nos comes e bebes levas uma goleada ;)
    Abraço e parabéns aos teus papás

    ResponderEliminar
  3. e mais... isso não tem molho nenhum... isso é uma sandes simples :P

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não tirei foto, mas tinha o jarro de molho extra ao lado, mais um jarro de molho picante :p

      Eliminar
  4. Este ano até fiquei surpreendido quando um colega me falou que ia à prova, já desliguei dela que nem me lembro.

    Pelos visto melhorar, nada.

    Mas pronto, a bater recordes de participação, é porque está bem.

    Quando for grande quero fazer uma Meia a estourar como tu a fizeste a treinar;)

    Abraço.

    PS: Já passei pelo quiosque do Perneta, competição renhida!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tenho que ir ver o que é que ele andou a partilhar :p

      Abraço

      Eliminar