Uma breve análise à minha Oscilação Vertical

Já houve alturas durante a minha (ainda pequena) aventura pelo mundo da corrida em que olhava para tudo o que era gráficos dados pelas plataformas como a Garmin, Strava, Sports Tracker... Mas desde há muito tempo que deixei de olhar para isso, olhando apenas para o ritmo final do treino e para os ritmos dos splits caso seja um treino estruturado/intervalado.

Hoje no entanto olhei para o relógio depois de acabar o treino (uma Tempo Run) e decidi perceber se os valores da minha Oscilação Vertical faziam sentido.


Oscilação vertical define-se movimento vertical do tronco enquanto corremos.
Segundo o gráfico posso verificar que quando estou em ritmos mais lentos, a minha oscilação vertical anda em média nos 8cm. Quando o ritmo sobe, esta desce para os 7cm. Observando outros treinos verifico que quanto mais rápido é o ritmo (por exemplo, treino intervalado) mais tende a descer este valor. Quando o ritmo é mais baixo, maior é a minha oscilação vertical.

Na verdade, olhando para estes dados apenas comprova algo que eu já sabia. A minha (pouca) técnica de corrida é mais correta em ritmos mais altos do que em ritmos mais baixos. A questão é se eu não deveria melhorar este ponto. Eu tenho plena noção que a minha corrida lenta é completamente "deficiente". Será que não deveria tentar melhorar a minha base de corrida? Um situação a rever...

15' Aquecimento (8.3 cm) + 15' Tempo (7.1 cm) + 10' Recuperação (7.7 cm)

15' Aquecimento (8.1 cm) + 20' Tempo (7.0 cm) + 10' Recuperação (8.0 cm)

2x8' (6.8 cm, 7.0 cm)
60' CC (7.7 cm)

Nota: Os dados são recolhidos com o meu Garmin Forerunner 630 + HRM. Mais info aqui.
análise
setembro 13, 2017
6

Comentários

  1. Isto já é um treino muito científico! :)

    Força!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ehehe foi só curiosidade, provavelmente nunca mais ligo a isto :)

      Abraço João

      Eliminar
  2. É normal, porque quanto maior a velocidade menor é o impacto e por isso menor a oscilação vertical. A mim passa-me o mesmo, quanto menor a velocidade maior o "salto" ao levantar o pé do chão.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Exatamente :) No entanto não sei se não será possível ter uma corrida mais lenta e mesmo assim a oscilação vertical estar com bons valores!

      Eliminar

Enviar um comentário

Search

Popular Posts

Análise Joma R.3000

Não há dúvida que a palavra carbono veio revolucionar o mercado dos ténis . Des…

A minha experiência com as famosas placas de carbono - Parte 2

A vida é feita de experiências. Estas experiências são o que nos moldam a perso…

Parei um treino a meio e estou bem com isso

Nós atletas somos obcecados. Ora seja com tempos, com horários de treino, com a…

Comprei um telemóvel para levar nos treinos

Sim eu sei isto é um artigo com um título no mínimo estranho. Mas acredito que…

Análise Kiprun Ultralight

O meu início no mundo da corrida a nível de calçado começou como tantas outras …

Contact Me