Análise Compressport Free Belt

Não escondo que o treino para a maratona foi um dos maiores desafios da minha vida não só a nível físico como psicológico. Mas existe todo uma outra componente: o desafio a nível de material.

Os meus treinos sempre foram relativamente curtos. Apoio a nível muscular durante o treino? Que é isso? Bolsos para mais do que um bocado de papel e um par de chaves? O bolsinho típico dos calções chega. Recuperação? Algum descanso e água fria dão conta do recado. Eu nem nunca tinha tomado um gel durante um treino. Portanto, vocês estão a entender onde eu quero chegar.

Este é o primeiro de três artigos de análises sobre material que utilizei no treino para a maratona. Então vamos lá a isto.

Mal os treinos começaram a aumentar de duração, comecei a precisar mais do que um simples bolsinho dos calções. Onde pôr 1 ou 2 géis? Como é que me vou hidratar? Onde vou levar algo que me permita levar algo para ouvir uns podcasts para não ficar maluquinho por estar a gastar tanto tempo a correr? Isto fora as coisas normais como já disse em cima.


Na Meia Maratona dos Descobrimentos conheci um atleta que já tinha feito a maratona e durante a prova, conversa puxa conversa e ele aconselha-me a Compressport Free Belt e mostra-me que a está a utilizar naquele preciso momento. Não precisei de mais nada, fiquei convencido. Estávamos a correr a 3:30/km e aquilo não o estava a incomodar!

Este Free Belt é facilmente uma das melhores compras que fiz na minha vida desportiva. Ainda desconfiei mas mal o experimentei fiquei convencido. Pus o que precisava no “bolso” e a verdade é que não há mesmo falta de conforto na corrida. Sabem quanto é que esta "cinta" pesa? 50 gramas. Incrível!

As coisas não dançam no bolso, o material é respirável e não incomoda mesmo quando o nosso corpo já implora por um banho de água fria. Qualidade do material? Impecável, depois de dezenas de treinos continua com elasticidade e sem qualquer tipo de desgaste. E ainda vem com um flask maleável de 600ml! E que me jeitaço de me deu quando precisei de levar água comigo.

Para terem noção, já fiz treinos com o seguinte material no "cinto": telemóvel, dois géis, chave de casa, papel higiénico (típico!) e o flask cheio de água. E querem saber o melhor? Ainda havia espaço para mais uma coisita ou outra. Mas claro que não vou mentir, com o cinto com tanta coisa, principalmente o flask cheio de água, demora algum tempo no início do treino até deixar de sentir aquele "peso" há volta de anca. Mas fiz vários treinos longos e a ritmos consideráveis e nunca me senti desconfortável. Até já treinos intervalados fiz com ela mas claro que neste caso apenas levava chaves e pouco mais.


Podem ver nas imagens em baixo de como o material fica acomodado no cinto.

O telemóvel entra todo no cinto, apenas o deixei ligeiramente de fora para perceberem o que lá estava.
Uns géis...
O flask! Aqui claro que já me ocupava o espaço todo das costas.
Sim é caro e há soluções mais baratas. Conseguem arranjar na Decathlon algo parecido entre os 5-10€ Mas sinceramente essas soluções não têm tanto espaço para guardar coisas, não se adaptam tanto ao corpo e não têm a qualidade que o material da Compressport oferece. Para mim não há grande discussão. Se precisam de algo idêntico, comprem.

Pontos Positivos
+ Aspeto
+ Durabilidade
+ Qualidade material
+ Respirabilidade
+ Espaço de arrumação

Pontos "assim-assim"
+- Preço

Onde posso comprar? Na Runsox. Se precisarem de algo ainda com mais funcionalidades, têm aqui a versão Pro.



análise
maio 10, 2019
2

Comentários

  1. Nem de propósito, meu caro!

    Com o calor a apertar a água é obrigatória ir.

    Ainda este domingo fiquei "à rasca" pois estava à espera de um bebedouro que afinal estava em manutenção!

    Como indicas, até tenho um da decathlon (10€) que leva 2 géis, o telemóvel e uma chave de casa.

    Se precisar, a chave do carro ou ainda cabe nesse cinto (e só levo um gel) ou no bolso dos calções.

    Tenho até 2 flask das Hydrapak de 600 ml (remarcados Salomon...) mas o transporte é complicado no tal cinto.

    OU os levo na mão ou ficam apertados no elástico do cinto mas fico sempre a pensar que vão cair, à medida que vou bebendo vão sendo mais difíceis de manter ali, enfim...

    Ao ver de umas novas meias na runsox deparei-me com esse e com Pro e pensei...hmmm.

    Andei a ver esses e os da Lurbel mas com esse feedback, bom...está escolhido :)

    Já agora, além do flask também vem o extensor do bocal (1ª foto)?

    Obrigado e abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oi!

      Pois os da Decathlon parecem-me bastante porreiros mas mesmo assim não têm metade da flexibilidade que este e o Pro têm.

      O flask trás o extensor com o bocal sim :)

      Um abraço

      Eliminar

Enviar um comentário

Search

Popular Posts

Análise Domyos T900C

Finalmente, o prometido já há algumas semanas! Fiquem com a minha análise à p…

Zurich Maratón de Sevilla 2019

Há momentos na vida em que temos de decidir aquilo que nos define. Eu felizment…

Corrida da Árvore 2015

Sabem uma coisa? Já andava ressacado com falta de provas. Apesar de ter ido aos…

2020.

Acho que estas últimas semanas conseguem refletir bem o que 2020 está a ser. Es…

MultiSport Weekend Coimbra 2021

Não sei começar este artigo. A última vez que escrevi sobre uma prova foi em 16…

Contact Me