sábado, 11 de maio de 2019

Análise Compressport Free Belt

Não escondo que o treino para a maratona foi um dos maiores desafios da minha vida não só a nível físico como psicológico. Mas existe todo uma outra componente: o desafio a nível de material.

Os meus treinos sempre foram relativamente curtos. Apoio a nível muscular durante o treino? Que é isso? Bolsos para mais do que um bocado de papel e um par de chaves? O bolsinho típico dos calções chega. Recuperação? Algum descanso e água fria dão conta do recado. Eu nem nunca tinha tomado um gel durante um treino. Portanto, vocês estão a entender onde eu quero chegar.

Este é o primeiro de três artigos de análises sobre material que utilizei no treino para a maratona. Então vamos lá a isto.

Mal os treinos começaram a aumentar de duração, comecei a precisar mais do que um simples bolsinho dos calções. Onde pôr 1 ou 2 géis? Como é que me vou hidratar? Onde vou levar algo que me permita levar algo para ouvir uns podcasts para não ficar maluquinho por estar a gastar tanto tempo a correr? Isto fora as coisas normais como já disse em cima.


Na Meia Maratona dos Descobrimentos conheci um atleta que já tinha feito a maratona e durante a prova, conversa puxa conversa e ele aconselha-me a Compressport Free Belt e mostra-me que a está a utilizar naquele preciso momento. Não precisei de mais nada, fiquei convencido. Estávamos a correr a 3:30/km e aquilo não o estava a incomodar!

Este Free Belt é facilmente uma das melhores compras que fiz na minha vida desportiva. Ainda desconfiei mas mal o experimentei fiquei convencido. Pus o que precisava no “bolso” e a verdade é que não há mesmo falta de conforto na corrida. Sabem quanto é que esta "cinta" pesa? 50 gramas. Incrível!

As coisas não dançam no bolso, o material é respirável e não incomoda mesmo quando o nosso corpo já implora por um banho de água fria. Qualidade do material? Impecável, depois de dezenas de treinos continua com elasticidade e sem qualquer tipo de desgaste. E ainda vem com um flask maleável de 600ml! E que me jeitaço de me deu quando precisei de levar água comigo.

Para terem noção, já fiz treinos com o seguinte material no "cinto": telemóvel, dois géis, chave de casa, papel higiénico (típico!) e o flask cheio de água. E querem saber o melhor? Ainda havia espaço para mais uma coisita ou outra. Mas claro que não vou mentir, com o cinto com tanta coisa, principalmente o flask cheio de água, demora algum tempo no início do treino até deixar de sentir aquele "peso" há volta de anca. Mas fiz vários treinos longos e a ritmos consideráveis e nunca me senti desconfortável. Até já treinos intervalados fiz com ela mas claro que neste caso apenas levava chaves e pouco mais.


Podem ver nas imagens em baixo de como o material fica acomodado no cinto.

O telemóvel entra todo no cinto, apenas o deixei ligeiramente de fora para perceberem o que lá estava.
Uns géis...
O flask! Aqui claro que já me ocupava o espaço todo das costas.
Sim é caro e há soluções mais baratas. Conseguem arranjar na Decathlon algo parecido entre os 5-10€ Mas sinceramente essas soluções não têm tanto espaço para guardar coisas, não se adaptam tanto ao corpo e não têm a qualidade que o material da Compressport oferece. Para mim não há grande discussão. Se precisam de algo idêntico, comprem.

Pontos Positivos
+ Aspeto
+ Durabilidade
+ Qualidade material
+ Respirabilidade
+ Espaço de arrumação

Pontos "assim-assim"
+- Preço

Onde posso comprar? Na Runsox. Se precisarem de algo ainda com mais funcionalidades, têm aqui a versão Pro.



2 comentários:

  1. Nem de propósito, meu caro!

    Com o calor a apertar a água é obrigatória ir.

    Ainda este domingo fiquei "à rasca" pois estava à espera de um bebedouro que afinal estava em manutenção!

    Como indicas, até tenho um da decathlon (10€) que leva 2 géis, o telemóvel e uma chave de casa.

    Se precisar, a chave do carro ou ainda cabe nesse cinto (e só levo um gel) ou no bolso dos calções.

    Tenho até 2 flask das Hydrapak de 600 ml (remarcados Salomon...) mas o transporte é complicado no tal cinto.

    OU os levo na mão ou ficam apertados no elástico do cinto mas fico sempre a pensar que vão cair, à medida que vou bebendo vão sendo mais difíceis de manter ali, enfim...

    Ao ver de umas novas meias na runsox deparei-me com esse e com Pro e pensei...hmmm.

    Andei a ver esses e os da Lurbel mas com esse feedback, bom...está escolhido :)

    Já agora, além do flask também vem o extensor do bocal (1ª foto)?

    Obrigado e abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oi!

      Pois os da Decathlon parecem-me bastante porreiros mas mesmo assim não têm metade da flexibilidade que este e o Pro têm.

      O flask trás o extensor com o bocal sim :)

      Um abraço

      Eliminar