Orgulho.

Num dia em que toda a gente estava preocupada com a black friday,  realizou-se a Gala do Desporto, Juventude e Cultura 2018 da Pontinha e Famões. Estão a ver os Laureus? Não tem nada a ver. Brincadeiras à parte, é gratificante viver numa cidade que reconhece aqueles que contribuem para o desporto dentro das suas fronteiras.

É já o 3º ano seguido que estou presente neste gala e verdade seja dita tem subido de qualidade. O que eu não contava era ser chamado ao palco para ser homenageado juntamente com o monstro das 48h europeu, o meu amigo Rui Martins.


Todos sabiam que eu ia ser homenageado menos eu. Mas para compensar o Rui Martins também não sabia que ele próprio ia ser chamado. O que vale é que isto já quase que é rotina para ele, não é amigo? Mas o melhor ainda estava para vir.


O que nem eu, nem o Rui Martins, nem o João Tomás (presidente da Associação Vale Grande) estávamos à espera, era de ouvir o nome do Vale Grande ser chamado uma segunda vez ao palco naquela noite. E porque foi chamado? O Grande Prémio do Vale Grande foi considerado a prova desportiva do ano da Freguesia. 

E isto sim foi motivo de orgulho. Foi uma prova que nos saiu do corpo, da cabeça, da família e dos amigos. E vê-la ser reconhecida perante tanta gente foi sem dúvida um ponto de orgulho. E uma coisa é certa. No próximo ano a prova vai ser ainda melhor. Esperem e vejam.

Famões
novembro 25, 2018
11

Comentários

Enviar um comentário

Search

Popular Posts

Análise Nike Pegasus 39

Eu tenho uma opinião muito própria sobre o calçado da Nike. Essa opinião foi fo…

Análise Kiprun KS900

Esta época faz 10 anos que comecei a levar esta coisa da corrida um pouco mais …

Análise Joma R.3000

Não há dúvida que a palavra carbono veio revolucionar o mercado dos ténis . Des…

Análise Kiprun KS900 Light

Existem modelos que nos caem no goto. Durante anos a fio, para treinar fui um a…

Análise Kiprun KD900X

Acredito que este seja um dos artigos mais esperados desde que tenho este blog,…

Contact Me