Análise Asics Novablast 2

Vamos já a spoilers. Vou-vos dizer o que acabei de fazer. Fui ver se existiam bons atualmente preços para estes Novablast 2. Acabei de encomendar um segundo modelo. Acho que isto responde o quanto eu estou a gostar deste regresso ao mundo da Asics. Nota: quando o novo modelo chegar, adiciono umas fotos pois honestamente gosto bem mais da cor que encomendei agora. Nota 2: a encomenda chegou mais cedo do que eu pensava!

Longe vão os tempos em que eu estava preso a uma marca. Já existiram alturas em que só usava Asics, outras que só usava Saucony. Também andei pelo mundo da Adidas mas menos apegado do que a outras marcas. Agora simplesmente não me sinto apegado a nada. Os preços andam tão absurdos, que corro simplesmente com o melhor negócio que me aparecer à frente (obviamente vendo e lendo muitas análises por essa Internet fora). E foi assim que fui parar a estes Novablast 2.

Este modelo da Asics pensei que fosse para um preço bem mais absurdo, mas foram dos poucos modelos (para treinar) que eu consegui encontrar abaixo dos três dígitos. Depois de ler algumas análises, e até perceber que estávamos a falar de um modelo lançado há menos de um ano, foi uma compra quase instantânea. Depois foi rezar que me desse bem com eles.

A nível estético, confesso que não me fascinaram. Não pelo formato deles, que considero até bastante agressivo para um modelo grande e que se quer para treinos de corrida contínua. Foi a cor que não adorei, mas sabia bem aquilo que estava a comprar. Quando somos forretas, temos de nos contentar com o que aparece no mercado. Mas continuando pelo aspeto destes meninos, confesso que adoro a sola. Acho que foi um excelente trabalho dos designers da Asics.


Vamos lá ao ponto em que adorei este modelo: o conforto. São super confortáveis. É a primeira sensação quando se calçam e essa sensação continua quando se corre com eles. Parecem uma autêntica luva. E neste Verão de Inverno tenho corrido com algum calor, e zero problemas relacionados com a respirabilidade. E para este conforto também contribui o excelente amortecimento. E aqui confesso que me surpreenderam. Estava com medo de serem demasiado "fofos" e "saltitões". E tive algumas sensações nesse sentido nas primeiras centenas de metros que corri com eles. Mas com evoluir do treino, essa sensação desaparece e o que fica é uma passada responsiva e agradável, mesmo quando estamos a correr a 4:00/km. Incrível como até agora nunca me senti desconfortável após uma hora de treino, coisa que acontece com outros modelos/marcas. Por exemplo, há uns meses voltei a treinar com um dos meus modelos predilectos: Asics DS Trainer 26. A verdade é que nunca me senti 100% confortável com eles. E estava bem mais leve do que estou agora. Tive que parar de usá-los regularmente após 600km. E antigamente fazia 1000km com este modelo. 

Não são um modelo leve, mas também está longe de ser um modelo pesado. Alías, não têm minimamente o peso que parecem ter (281g no tamanho 41,5). Algo que isso sim têm, é altura. Eu não estou habituado a usar modelos com uma sola tão alta e mal calço estes bichos, parece que tenho 1,80m (eu sou um rodas baixas com 1,70m). 

A aderência durante muitos anos, para mim, foi o calcanhar de aquiles da Asics. Ainda não está perfeita, mas está bem melhor face aquilo que já foi. Consigo correr em estradas húmidas ou mesmo completamente molhadas sem medo, e sem sentir os pés a escorregar. Quanto a nível de materiais, parece-me que está a um excelente nível. Como podem observar pela fotografia em baixo, depois de 200kms, apesar de suja, a sola está semelhante a uma nova. 

O drop é de 8mm. Os modelos que eu normalmente uso têm 6mm. Se me afectou minimamente? Nada. Portanto, dificilmente posso considerar isto um ponto negativo. Para além que isto é sempre uma preferência pessoal. Algo que não vou contabilizar para esta avaliação é o facto de claramente não ser um modelo que dêem para fazer treinos mais rápidos (para baixo de 3:30/km). Eu apenas faço rectas com eles, e já não me sinto propriamente confortável em fazê-lo. Existem outros modelos mais polivalentes no mercado como os Saucony Kinvara.

Esta análise já vai longa, mas a verdade é que estes Novablast 2 merecem todos os elogios. Numa altura em que tudo é focado nas malditas placas de carbono e em preços exorbitantes, estes Novablast foram para mim uma lufada de ar fresco. E por isso sim, aproveitei o bom preço a que se encontram e já comprei um segundo par. Estou despachado até final da época.

Pontos Positivos 

++ Conforto
+ Respirável
+ Aspecto
+ Preço 
+ Amortecimento

Pontos "assim-assim"
+- Drop (isto é apenas preferência pessoal)
+- Peso 
+- Sensação de elevação (para gajos baixinhos como eu)
+- Aderência

Pontos Negativos
Nada a apontar.





análise
março 12, 2022
0

Comentários

Search

Popular Posts

Comprei um telemóvel para levar nos treinos

Sim eu sei isto é um artigo com um título no mínimo estranho. Mas acredito que…

Parei um treino a meio e estou bem com isso

Nós atletas somos obcecados. Ora seja com tempos, com horários de treino, com a…

Zurich Maratón de Sevilla 2019

Há momentos na vida em que temos de decidir aquilo que nos define. Eu felizment…

Corrida da Árvore 2015

Sabem uma coisa? Já andava ressacado com falta de provas. Apesar de ter ido aos…

Grande Prémio de Natal 2021

Nem sei por onde começar. Por um lado o resultado final ultrapassou completam…

Contact Me